• Porque escrever é um vício.

    O fim de semana começou bem, muito bem, na sexta: trouxe a moça do Confissões para um fim de tarde de muito papo - dos bons -, e riso de montão. Antes, minha enteada, o genro e a neta - e o neto na barriga -, também estiveram aqui: a pequena Giu, que daqui a um mês faz um ano, já anda pela casa, um tiquinho de gente fuçando por tudo... Todo mundo se encontrou, ainda que brevemente, e essa moça, que me foi um presente virtual, parece mesmo da família.

    São Paulo, para quem não viaja, é um mini-paraíso nos feriados: as ruas calmas, o pouco barulho, tudo vazio. A gente vai por aí sem pressa e com a certeza de stress zero: sem filas, sem aglomerações, sem trânsito.

    De toda forma, não há muito a dizer - só que, vivendo um dia de cada vez, a gente percebe, nos detalhes, a beleza da vida...



    O domingo é de muito sol e um tanto de paz...


    0 comentários:

     

    Arquivo do blog

    Perfil

    Minha foto

    Coordena os Portais Babel Cultural e Estilo 40. 
    Escreveu por dez anos para o site Crônica do Dia. Administra e escreve minicontos em Hiperbreves.
    Formada em Letras, trabalha com arte-visual. Casada, 'mãe' da Maya - uma Labradora chocolate. 

    Se tem algo a dizer, envie sua msg.

    Nome

    E-mail *

    Mensagem *