• Porque escrever é um vício.

    Frase do fim-de-semana:

    "Quando tudo de complicado estiver vindo em sua direção, é bom desconfiar: você pode estar caminhando na contramão..." (Fabio Lessa)



    Dita no contexto da conversa, ontem à noite, soou engraçada - tanto mais porque meu enteado tem um jeito muito bem humorado para traçar e expôr suas percepções e certezas. Ele tem umas tiradas raras e insights geniais.

    Esse pensamento simples foi usado para ilustrar o momento em que ele olhou pra um amor e, apesar de continuar amando, entendeu que o fim se dava como única alternativa. O início da relação, marcado por fatos inusitados, acasos e coincidências favoráveis, chegava num ponto em que sinalizava invertido.

    Eu fiquei pensando em quantas vezes a gente passa por isso e não abre mão de algo que começa a nos fazer sofrer, ainda que tenha sido infinitamente bom.

    É mais ou menos como se a gente olhasse pra um script, o outro agindo e falando de um jeito que não consta no nosso roteiro e, porque queremos que aquilo dê certo, fazemos de conta que não é conosco, não está efetivamente acontecendo, não estamos vendo: fechamos olhos, ouvidos e coração.

    Acontece mais frequentemente do que a gente imagina...


    0 comentários:

     

    Arquivo do blog

    Perfil

    Minha foto

    Coordena os Portais Babel Cultural e Estilo 40. 
    Escreveu por dez anos para o site Crônica do Dia. Administra e escreve minicontos em Hiperbreves.
    Formada em Letras, trabalha com arte-visual. Casada, 'mãe' da Maya - uma Labradora chocolate. 

    Se tem algo a dizer, envie sua msg.

    Nome

    E-mail *

    Mensagem *