• Porque escrever é um vício.

    Acabo de assistir A Partilha. Tudo bem: muito atrasada, eu sei. Mas filme pra mim é coisa atemporal. Houve uma época em que eu ia ao cinema toda semana - até duas vezes na mesma. Depois isso foi ficando mais espaçado, até escassear, saindo da lista de diversão ou, quem sabe, porque fiquei ainda mais caseira e vídeos e DVD´s no aconchego do sofá acabam por me atrair mais. Liberdade também é isso: ver um filme quando a oportunidade ou a vontade aparecem.
    Além do que, A Partilha passou no cinema num período muito conturbado da minha vida. Eu trabalhava numa empresa na Paulista e todo dia passava em frente ao enorme out door instalado ali e era muito convidativo. Só que eu adiei - de vez em quando, a gente tem a impressão que algumas coisas podem esperar pela gente indefinidamente (o que é um grande equívoco) -, e parou de passar... Mas enfim hoje a TV veio com ele.
    E o que dizer das relações familiares, sempre conturbadas? É incrível como pegamos caminhos totalmente diferentes uns dos outros e como ficam pra trás as crenças em mundos perfeitos, sonhos sempre realizáveis, cenários ideais. A gente aprende mesmo é de sobreviver - e cada um faz isso como pode.
    Meu marido perguntou-me com qual delas me identifico mais: talvez com a Selma (a personagem de Gloria Pires). Acho que sou arraigada, indecisa, sentimental, sempre tentando fazer a coisa certa - embora nem sempre o consiga. Sou aquela que faz o que tem que ser feito, que tenta manter tudo no lugar.
    A abordagem é boa e o retrato desenhado por Miguel Falabella é muito fiel à realidade: uma partilha é um dos maiores pontos de partida para conflitos, afrontas, o escancarar das amarguras, o esparramar das dores, o acerto de conta das mágoas.
    O que sobra depois de limpar isso tudo define o futuro da ligação dos envolvidos. O saldo pode ser positivo ou não mas, finalmente, livre das amarras do passado...

    E falando em filmes, um novo site sobre críticas: Depois da Pipoca. Todo mundo pode participar falando das suas impressões sobre o que viu e captou. Projeto interessante...

    0 comentários:

     

    Arquivo do blog

    Perfil

    Minha foto

    Coordena os Portais Babel Cultural e Estilo 40. 
    Escreveu por dez anos para o site Crônica do Dia. Administra e escreve minicontos em Hiperbreves.
    Formada em Letras, trabalha com arte-visual. Casada, 'mãe' da Maya - uma Labradora chocolate. 

    Se tem algo a dizer, envie sua msg.

    Nome

    E-mail *

    Mensagem *