• Porque escrever é um vício.

    FELIZES PARA SEMPRE?


     
    Não sei se a minissérie "Felizes para sempre?" está dando tanto Ibope quanto o que falar - ocorre-me que só pessoas muito adultas e desprovidas de pré-conceitos/crenças efetivamente conseguem encarar e captar a força das histórias ali narradas. 

    É certo que foi muita ousadia mostrar tudo assim, tão claro e cru, 'atacando' diretamente a classe média/alta/alta, mostrando abertamente seus desvios e desvarios, a obsessão. Cai o mito de que agressão doméstica acontece só nas 'comunidades', que mulheres bem sucedidas não ficam em casamentos ruins, e que traição é 'mérito' masculino. Fica por terra um monte de ideias equivocadas sobre o ser humano, que é único, passível de todos os deslizes e desgovernos próprios da nossa raça, não importa o tamanho da conta bancária. E ali fica claro que até mesmo pessoas de caráter são capazes de sucumbir a uma paixão, um desejo, uma loucura. 

    Acho que poucas vezes a TV mostrou tanta realidade junta (uma foto fiel de tantos 'clãs') e a tarja 'felizes para sempre' nunca se retratou tão bem como uma expressão utópica - na Globo e nas melhores famílias...

    0 comentários:

     

    Arquivo do blog

    Perfil

    Minha foto

    Coordena os Portais Babel Cultural e Estilo 40. 
    Escreveu por dez anos para o site Crônica do Dia. Administra e escreve minicontos em Hiperbreves.
    Formada em Letras, trabalha com arte-visual. Casada, 'mãe' da Maya - uma Labradora chocolate. 

    Se tem algo a dizer, envie sua msg.

    Nome

    E-mail *

    Mensagem *