• Porque escrever é um vício.



    A Globo quase sempre se supera nas produções de minisséries.
    A Casa das Sete Mulheres não é diferente: com fotografia belíssima, atores de primeira linha encaixados perfeitamente em seus personagens e os mínimos detalhes com precisão intocável, o resultado é um cenário cinematográfico.
    O tema é interessante: a guerra dos farroupilhas - uma história tão nossa, embora muito distante - tem aquele ar épico, lendário - apesar de tão real -, e vem nos lembrar de um tempo desconhecido, que ouvimos falar nas aulas de estudos sociais (nossa! quem lembra disso?).
    E a abordagem através da linha que as mulheres traçaram - que a história quase nunca resgistra -, instiga: tantas mulheres - tão guerreiras, tão fortes, tão densas -, fazem a emoção se levantar, sacudir o interior e misturar os sentimentos. Sonhos, esperanças, desejos, expectativas, intuições, amores e ódios: tudo parte do que nos habita intensamente...
    Com qual delas você se identifica? Quantas moram dentro de você?


    0 comentários:

     

    Arquivo do blog

    Perfil

    Minha foto

    Coordena os Portais Babel Cultural e Estilo 40. 
    Escreveu por dez anos para o site Crônica do Dia. Administra e escreve minicontos em Hiperbreves.
    Formada em Letras, trabalha com arte-visual. Casada, 'mãe' da Maya - uma Labradora chocolate. 

    Se tem algo a dizer, envie sua msg.

    Nome

    E-mail *

    Mensagem *