• Porque escrever é um vício.

    Hoje saímos às ruas e o que vimos foi uma grande festa vermelha, verde, amarela, azul e branca.

    Passamos no Comitê do Lula aqui em Sâo Paulo - que, descobri ontem no site do PT, é pertinho aqui de casa -, e peguei minha bandeira: além de ser filmada pela equipe da Rede TV que passava por ali, a pedido de um dos repórteres que disse ao câmera - debaixo dos olhos e ouvidos atentos do meu marido - "Filma aquela moça bonita com a bandeira!" - só rindo mesmo -, fui mais uma de tantos militantes em nome de um país melhor e da democracia, pelas ruas, sorriso nos lábios, boton na camisa, bandeira em punho esvoaçando além do vidro do nosso carro - cheio de adesivos.

    As pessoas se reconhecem com buzinas e o rosto iluminado na esperança.

    Minha bandeira agora descansa acenando na grade da varanda: sim, aqui somos Lula e é bom viver para ver um presidente - homem do povo (um SILVA com muito orgulho!) e eleito por ele - subir a rampa do Planalto.

    Não vejo a hora do soar das cinco da tarde desse domingo (de aniversário do possível novo presidente) e a apuração ir crescendo, adiante, inalcancável, imbatível.

    Sim, nossa bandeira também é vermelha e tem, a partir de amanhã, uma estrela a mais: a do sonho possível.



    Em tempo: visitem o blog Agora é Lula! que é, também, dessa moça.

    E aproveitem pra ler os muitos textos - dentre eles, os do meu marido, Raul Lessa, que não tem blog mas escreve muito bem!


    0 comentários:

     

    Arquivo do blog

    Perfil

    Minha foto

    Coordena os Portais Babel Cultural e Estilo 40. 
    Escreveu por dez anos para o site Crônica do Dia. Administra e escreve minicontos em Hiperbreves.
    Formada em Letras, trabalha com arte-visual. Casada, 'mãe' da Maya - uma Labradora chocolate. 

    Se tem algo a dizer, envie sua msg.

    Nome

    E-mail *

    Mensagem *