• Porque escrever é um vício.

    A confirmação do assassinato do jornalista Tim Lopes no exercício de seu ofício por traficantes de um dos morros do Rio, é uma ocorrência muito grave: a ameaça à imprensa é inaceitável e esta é mais uma confirmação de que a violência não tem limites.

    Lamentável que estejamos subjugados ao poder dos que não têm nenhuma lei - ou melhor, dos que fazem as próprias.

    E eu, pessoalmente, acho absurdo dizer que esses, que recorrem ao crime, são os que vivem à margem de uma sociedade que não lhes dá condições de vida social digna. Fala sério: traficantes, até onde eu sei, ganham muito dinheiro e é aí que está a chave do negócio: é rentável sem demandar esforço.

    Além do que, quem nasce com índole boa não se envolve com o ilícito, por nenhuma razão. Eu conheço pessoalmente pessoas que passaram fome e nunca roubaram ou mataram: essas são atitudes de quem tem falha de caráter e, sinceramente, não tem nada a ver com o meio.

    Minha indignação é a de muitos que nada podem fazer. De quem vamos cobrar um basta à criminalidade desse país?




    0 comentários:

     

    Arquivo do blog

    Perfil

    Minha foto

    Coordena os Portais Babel Cultural e Estilo 40. 
    Escreveu por dez anos para o site Crônica do Dia. Administra e escreve minicontos em Hiperbreves.
    Formada em Letras, trabalha com arte-visual. Casada, 'mãe' da Maya - uma Labradora chocolate. 

    Se tem algo a dizer, envie sua msg.

    Nome

    E-mail *

    Mensagem *