• Porque escrever é um vício.

    Acabei de assistir a um filme - Voltar a Morrer - que, embora com bons atores - Emma Thompson e Andy Garcia -, não é uma superprodução nem tem um enredo campeão de bilheterias.

    Mas traz uma abordagem sobre o sempre polêmico assunto que é Vidas Passadas e tudo o mais que envolve esse obscuro - como a Lei do Retorno, os (re)encontros que causam sensações estranhas (positivas ou não), o desenrolar de pendências, o mal resolvido de alguma era que jamais saberemos se realmente existiu.

    Não há certezas sobre o que há depois da morte e nem se há vida antes dessa.

    O que nos espera é inesperado, impossível de adivinhar, e o real é aquilo que nossa memória abarca desde o dia em que respiramos pela primeira vez. Fora esse breve intervalo de tempo, não se pode categorizar sobre o que aconteceu - e se aconteceu.

    Entretanto, de tudo o que já li e vi sobre isso - e não foi pouco -, concluo que o suspense em torno dessa confusão temporal está sempre a nos colocar em dúvidas.

    Todos nós temos sonhos inexplicáveis, com pessoas que nunca vimos, lugares em que jamais estivemos, situações que não fazem o menor sentido. Os cenários se multiplicam. Pode-se regredir - nesse subjetivo cara-a-cara com quem fomos -, ou avançar - no que chamam de premonição.

    Fato é que ninguém pode explicar, sem deixar qualquer ponta de sombra, o mistério que envolve passado, presente e futuro...



    Em que você acredita?




    0 comentários:

     

    Arquivo do blog

    Perfil

    Minha foto

    Coordena os Portais Babel Cultural e Estilo 40. 
    Escreveu por dez anos para o site Crônica do Dia. Administra e escreve minicontos em Hiperbreves.
    Formada em Letras, trabalha com arte-visual. Casada, 'mãe' da Maya - uma Labradora chocolate. 

    Se tem algo a dizer, envie sua msg.

    Nome

    E-mail *

    Mensagem *