• Porque escrever é um vício.

    Eu tento fechar os dias, todas as noites, zerada com a vida mas, vez ou outra, um monte de perguntas sem respostas amanhecem comigo.

    Nem sempre eu sou sensata, moça. Muitas vezes, falta-me entendimento, clareza de sentimentos para compreender algumas ações e reações - minhas e dos outros.

    E de vez em quando, eu me sinto muito sozinha - talvez até porque eu seja sozinha mesmo. Sempre tive uma certa dificuldade em abrir o coração e o tempo foi acentuando isso, de modo que é muito raro que eu me sente com alguém pra falar das minhas angústias. E desapontando alguns, como as tenho! Como tenho mágoas e dores!

    Todos nós, afinal, as temos, e não é raro que alguém nos angarie mais algumas no cotidiano - por vezes, até sem perceber.

    Mirar-se no espelho, bonita, com atenção, é mesmo muito importante. Mas quanto nos revela esse ato de simples aparente vaidade! Nem sempre estamos prontos para o que vemos em nossos próprios olhos...




    0 comentários:

     

    Arquivo do blog

    Perfil

    Minha foto

    Coordena os Portais Babel Cultural e Estilo 40. 
    Escreveu por dez anos para o site Crônica do Dia. Administra e escreve minicontos em Hiperbreves.
    Formada em Letras, trabalha com arte-visual. Casada, 'mãe' da Maya - uma Labradora chocolate. 

    Se tem algo a dizer, envie sua msg.

    Nome

    E-mail *

    Mensagem *