• Porque escrever é um vício.

    .~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~

    O AMOR ensina igualmente a ferir e ser ferido.

    .~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~



    (...) Meu nome é tumulto, e escreve-se na pedra.

    Carlos Drummond de Andrade




    O restante desse texto/poesia bem bonito, tá lá, na SubRosa.




    0 comentários:

     

    Arquivo do blog

    Perfil

    Minha foto

    Coordena os Portais Babel Cultural e Estilo 40. 
    Escreveu por dez anos para o site Crônica do Dia. Administra e escreve minicontos em Hiperbreves.
    Formada em Letras, trabalha com arte-visual. Casada, 'mãe' da Maya - uma Labradora chocolate. 

    Se tem algo a dizer, envie sua msg.

    Nome

    E-mail *

    Mensagem *