• Porque escrever é um vício.

    Um tempo atrás - mais precisamente em 19 de Outubro -, eu li sobre a INIMIGA, num texto leve, quase uma sátira sobre a suposição de uma mulher que podia ocupar esse 'posto'.

    Então eu fiquei pensando, volta e meia, sobre os inimigos - reais e imaginários - que se angaria durante uma vida.

    Pensei ainda na palavra dos que teorizam bem sobre as virtudes: amar quem nos faz bem é fácil; difícil é querer bem àqueles que fazem faiscar nosso interior. É verdade... Eu tenho dúvidas de possuir tamanha generosidade...

    Também tem o inimigo que mora em nós - aquele que com sua voz rouca planta o medo, nos faz lembrar de mágoas e marcas, nos paralisa agigantando nossos eventuais sentimentos negativos. A baixa estima pode ser um inimigo poderoso... O tempo e a saudade...

    Tem aquele inimigo declarado, feroz - de carne e osso -, que não nos esconde seu ódio. Eu tenho uma inimiga dessas mas não me importo - na verdade, não acredito muito nela. Não a considero a melhor pessoa do mundo, mas também não acho que abrigue tanta pequenez. Só por precaução, mantenho distância - que a gente nunca sabe...



    Você tem inimigos? Você os identifica? Você é um inimigo de si mesmo?




    0 comentários:

     

    Arquivo do blog

    Perfil

    Minha foto

    Coordena os Portais Babel Cultural e Estilo 40. 
    Escreveu por dez anos para o site Crônica do Dia. Administra e escreve minicontos em Hiperbreves.
    Formada em Letras, trabalha com arte-visual. Casada, 'mãe' da Maya - uma Labradora chocolate. 

    Se tem algo a dizer, envie sua msg.

    Nome

    E-mail *

    Mensagem *