• Porque escrever é um vício.

    AINDA O RIO...



    A BARRIGA DA BALEIA: fomos com a Cris até a Barra. E é assim - e eu concordo - que ela define o túnel que passa por baixo, dentro, da Rocinha. É uma árvore de natal sempre montada, com suas luzes e brilhos invadindo a noite do morro enorme que é mais uma paisagem: a vida se desenhando em qualquer brecha...

    E a Barra em si, chamada de o lugar dos emergentes, apesar do que a maioria diz, eu achei bonita. Quem sabe se porque ela tem um ar paulista, com seus muitos pequenos shoppings - um deles parecendo uma réplica de Veneza, com casinhas à beira do lago -, quem sabe se porque ela é simplesmente bonita para quem a visita sem os conceitos estabelecidos. Fato é que, não fosse a chuva, nós teríamos passeado mais por lá...




    0 comentários:

     

    Arquivo do blog

    Perfil

    Minha foto

    Coordena os Portais Babel Cultural e Estilo 40. 
    Escreveu por dez anos para o site Crônica do Dia. Administra e escreve minicontos em Hiperbreves.
    Formada em Letras, trabalha com arte-visual. Casada, 'mãe' da Maya - uma Labradora chocolate. 

    Se tem algo a dizer, envie sua msg.

    Nome

    E-mail *

    Mensagem *