• Porque escrever é um vício.

    Vermelho... A cor do fogo incendeia e faz a pele arder no desejo...



    Recentemente, eu li que o casamento - cartório, véu, grinalda e decote - virou um ato simbólico. Na prática, basta esquecer a escova de dentes e, se as intenções são superficiais ou nulas, pode-se cair numa interessante enrascada... A primeira coisa que eu esqueci na casa do meu marido foi a blusa de um pijama de seda florido. Mas isso não teve nada a ver com a 'colagem' das nossas vidas. Nós nos casamos, ainda que sem saber, na primeira vez que nos vimos: de corpo, coração e alma...



    Eu ando tendo insônia... Enfeitiçada pelo tempo por uma rotina quase absurda de horários, estou com meu relógio interno invertido, trocado, de ponta cabeça... Na tentativa amorosa de me ajudar com isso, fui colocada pra dormir, feito criança, à meia-noite... Mas não foi possível, como se vê, enganar as horas: o alarme soou às duas e meia... A madrugada está em chamas: a escuridão é vermelha...




    0 comentários:

     

    Arquivo do blog

    Perfil

    Minha foto

    Coordena os Portais Babel Cultural e Estilo 40. 
    Escreveu por dez anos para o site Crônica do Dia. Administra e escreve minicontos em Hiperbreves.
    Formada em Letras, trabalha com arte-visual. Casada, 'mãe' da Maya - uma Labradora chocolate. 

    Se tem algo a dizer, envie sua msg.

    Nome

    E-mail *

    Mensagem *